quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O rosto da mudança!

Dentro do quadro actual de treinadores disponíveis, sempre assumi que Paulo Bento seria o homem certo no topo da selecção nacional, desde que Queiroz começou a ser literalmente despejado da Federação.

Paulo Bento foi um antigo internacional português, já na altura com um admirável espírito de liderança, não me esquecendo das suas palavras no final da campanha vergonhosa em 2002.

Além disso, trabalha com uma espinha dorsal da Selecção baseada na formação do Sporting, com jogadores com quem já jogou, lançou ou comandou nos tempos em Alvalade, conhecendo-os em grande parte melhor do que ninguém.

Depois, é um homem pragmático e inteligente que em pouco tempo soube colocar os melhores jogadores, pela sua categoria e qualidade actual, nas suas posições devidas e aproveitando as rotinas de jogo no esquema táctico habitual da selecção e nos seus clubes.

Finalmente, mostra que a teimosia com que o apelidavam dissipa-se com as chamadas de Varela e Carlos Martins, numa grande prova de humildade e maturidade.

Paulo Bento é uma boa selecção!

2 comentários:

Fluzão Eterno disse...

Criei um blog sobre meu time de coração que é Fluminense e gostaria de perguntar
se você poderia me ajudar fazendo uma parceria de link comigo,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,desde já muito
obrigado e parabéns pelo seu blog:
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Fluzão Eterno

Gonçalo disse...

Desde já aceito a parceira. Contacta-me para mais detalhes.

Um abraço! :)